A revolução dos video games

Vídeo da PBS. Faz parte do projeto Off Book. Abaixo, você confere a edição do MOD MTV sobre games independentes.

Recentemente, a Folha perguntou: game é arte?

O curioso é que os critérios que geralmente são usados para esse tipo de avaliação são características de manifestações já existentes. Ou seja, para ser legitimado como arte, é necessário obedecer preceitos antigos, o que limita a ascenção de novas propostas. O que caracteriza o que é único numa arte, vira limitação noutro cenário. O contexto é diferente, as regras são as mesmas.

É o mesmo filme de sempre. O cinema também foi recebido como manifestação menor. Agora, ele serve de critério para julgar de forma preconceituosa a obra televisiva.

História em quadrinhos não basta, não é sério o suficiente. Para alçar voos maiores, tem de ser graphic novel. Incomoda-me não o fato de beber na fonte já conhecida (nada mais natural, já que se fala tanto em simbiose entre os meios), mas na necessidade de pedir benção. Nesse caso, do mundo livreiro. Se aceitar ser visto como subproduto do que já foi, bem-vindo ao clube.

Por outro lado… Há também os anarquistas do futuro. Pregam que tudo é novo, revolucionário. Só a ruptura total com o passado faz sentido no mundo atual.

Assim avançamos, presos a conceitos do passado.

Iphone no Brasil

Amanhã será lançado oficialmente no Brasil o Iphone. Os valores vão de R$ 1.000 a R$ R$ 2.599.

São preços elevados para um produto que deixa a desejar em alguns quesitos. A câmera de 2 mega é bem precária para um produto de ponta. O aparelho também não filma… No final das contas, adquirir o N95, da Nokia, poderia soar mais vantajoso.

Entretanto, era assim que você comprava smartphones até ontem. Os atrativos do aparelho da Apple são outros. O principal é a boa usabilidade, em especial a propalada facilidade de navegar na web.

Deu resultado. Apesar de só chegar agora oficialmente ao Brasil, o iPhone já é o celular mais utilizado no país para acessar a internet. Em agosto, do total de 385 mil telefones móveis utilizados para se conectar à rede, 196 mil deles eram iPhones (dados da consultoria Predicta).

Outra vantagem é a iPhone Application Store, loja virtual em que é possível adquirir aplicativos. Para quem gosta de música, uma boa sugestão é o simulador de bateria aDrummer.

 

Rock Band 2 – revelada lista completa das músicas

Serão mais de 80 músicas no jogo. Outras 20 estarão disponíveis até o final do ano para download gratuito. Entre os artistas, Guns N’ Roses (com Shackler’s Revenge, música de Chinese Democracy), Blondie, Pearl Jam, Beck, Talking Heads, Foo Fighters, Beastie Boys etc. O jogo sai primeiro para Xbox 360, em setembro. No final do ano também estará disponível para Playstation 3.

Texto relacionado
Os jogos musicais e a indústria fonográfica

Cadastre seu e-mail e saiba quando o conteúdo desse blog for atualizado

Faixas
# Artista Música Década
1. AC/DC Let There Be Rock 1970s
2. AFI Girl’s Gone Grey 2000s
3. Alanis Morissette You Oughta Know 1990s
4. Alice in Chains Man in the Box 1990s
5. Allman Brothers Ramblin’ Man 1970s
6. Avenged Sevenfold Almost Easy 2000s
7. Bad Company Shooting Star 1970s
8. Beastie Boys So Whatcha Want 1990s
9. Beck E-Pro 2000s
10. Bikini Kill Rebel Girl 1990s
11. Billy Idol White Wedding Pt. I 1980s
12. Blondie One Way or Another 1970s
13. Bob Dylan Tangled Up in Blue 1970s
14. Bon Jovi Livin’ on a Prayer 1980s
15. Cheap Trick Hello There 1970s
16. Devo Uncontrollable Urge 1980s
17. Dinosaur Jr. Feel the Pain 1990s
18. Disturbed Down with the Sickness 2000s
19. Dream Theater Panic Attack 2000s
20. Duran Duran Hungry Like the Wolf 1980s
21. Elvis Costello Pump It Up 1970s
22. Fleetwood Mac Go Your Own Way 1970s
23. Foo Fighters Everlong 1990s
24. Guns N’ Roses Shackler’s Revenge 2000s
25. Interpol PDA 2000s
26. Jane’s Addiction Mountain Song 1980s
27. Jethro Tull Aqualung 1970s
28. Jimmy Eat World The Middle 2000s
29. Joan Jett Bad Reputation 1980s
30. Journey Anyway You Want It 1970s
31. Judas Priest Painkiller 1990s
32. Kansas Carry On Wayward Son 1970s
33. L7 Pretend We’re Dead 1990s
34. Lacuna Coil Our Truth 2000s
35. Linkin Park One Step Closer 2000s
36. Lit My Own Worst Enemy 1990s
37. Lush De-Luxe 1990s
38. Mastodon Colony of Birchmen 2000s
39. Megadeth Peace Sells 1980s
40. Metallica Battery 1980s
41. Mighty Mighty Bosstones Where’d You Go 1990s
42. Modest Mouse Float On 2000s
43. Motorhead Ace of Spades 1980s
44. Nirvana Drain You 1990s
45. Norman Greenbaum Spirit in the Sky 1960s
46. Panic at the Disco Nine in the Afternoon 2000s
47. Paramore That’s What You Get 2000s
48. Pearl Jam Alive 1990s
49. Presidents of the USA Lump 1990s
50. Rage Against the Machine Testify 1990s
51. Ratt Round & Round 1980s
52. Red Hot Chili Peppers Give it Away 1990s
53. Rise Against Give it All 2000s
54. Rush The Trees 1970s
55. Silversun Pickups Lazy Eye 2000s
56. Smashing Pumpkins Today 1990s
57. Social Distortion I Was Wrong 1990s
58. Sonic Youth Teenage Riot 1980s
59. Soundgarden Spoonman 1990s
60. Squeeze Cool for Cats 1970s
61. Steely Dan Bodhitsattya 1970s
62. Steve Miller Band Rock’n Me 1970s
63. Survivor Eye of the Tiger 1980s
64. System of a Down Chop Suey 2000s
65. Talking Heads Psycho Killer 1970s
66. Tenacious D Master Exploder 2000s
67. Testament Souls of Black 1990s
68. The Donnas New Kid in School 2000s
69. The Go-Go’s We Got the Beat 1980s
70. The Grateful Dead Alabama Getaway 1980s
71. The Guess Who American Woman 1970s
72. The Muffs Kids in America 1990s
73. The Offspring Come Out & Play (Keep ‘em Separated) 1990s
74. The Replacements Alex Chilton 1980s
75. The Who Pinball Wizard 1960s
Bonus Tracks
76. Abnormality Visions 2000s
77. Anarchy Club Get Clean 2000s
78. Bang Camaro Night Lies 2000s
79
.
Breaking Wheel Shoulder to the Plow 2000s
80. The Libyans Neighborhood 2000s
81. The Main Drag A Jagged Gorgeous Winter 2000s
82. Speck Conventional Lover 2000s
83. The Sterns Supreme Girl 2000s
84. That Handsome Devil Rob the Prez-O-Dent 2000s

Nintendo D(j)S

Por causa de seus recursos inusitados, como a tela sensível a toque, o Nintendo DS permite uma abordagem diferenciada dos videogames portáteis.

Há inúmeros jogos inovadores, como Brain AgeBig Brain, que visam treinar o cérebro. Outra boa pedida é conferir os aplicativos especiais, como o Protein(DS), no qual você pode se transformar em DJ. Veja abaixo:

Os jogos musicais e a indústria fonográfica

Não apenas músicas, mas álbuns completos. Essa é a novidade do jogo “Rock band”. “Screaming for Vengenance”, do Judas Priest, será o primeiro. Depois serão lançados “Doolittle”, do Pixies, e o álbum homônimo do grupo The Cars.

Rock band” é, como o nome entrega, um “simulador” de instrumentos musicais. Você pode jogar utilizando controles em forma de bateria e guitarra, além de poder utilizar um microfone. Foi lançado para Playstation 2, Xbox 360, Playstation 3 e, em breve, chega também para o Nintendo Wii. “Rock band”, criado pelo mesmo pessoal que desenvolveu o primeiro “Guitar Hero”, é uma produção MTV Games.

***

A atenção que esses jogos despertam na indústria fonográfica só cresce. Várias bandas -entre elas até o Sex Pistols – regravaram suas músicas para serem adaptadas ao jogo.

Agora, grupos passarão a disponibilizar material novo, via download, nessas plataformas. Def Leppard lança seu novo single, “Nine Lives”, via “Guitar Hero”. Já o Motley Crue faz o mesmo, via “Rock band”, com “Saints of Los Angeles”, single do seu próximo álbum a ser lançado apenas em julho.

Claro, nesses casos, são bandas que não freqüentam mais os topos das paradas. Por isso, podem se arriscar mais. Todavia, seria impensável, até recentemente, utilizar essa forma de comercialização da música.

É só o começo: vem aí uma edição de “Guitar Hero” dedicada ao Aerosmith, outra banda em busca de redenção comercial.

***

O mercado de videogame nos EUA faturou, em março, US$ 1,7 bilhão só com a venda de jogos. Isso representa um crescimento de 57% em relação ao mesmo mês de 2007. E numa época em que se fala em crise nos EUA.